Tens vídeo em fundo num site WordPress? Elimina-o já!

José FreitasConteúdos, WordPress

O vídeo em fundo num site WordPress (ou em qualquer tipo de site, já agora) representa uma péssima experiência para o utilizador e deve ser eliminado. Em particular quando são mostrados na homepage.

A esmagadora maioria dos visitantes de um site não vê qualquer valor nos vídeos em background. O habitual é fazer scroll o mais rapidamente possível como se quisessem escapar das garras de um monstro de outra galáxia.

Os grandes problemas dos vídeos em fundo são muito semelhantes a outra praga ainda usada por muitos outros sites: os sliders.

Mas antes de verificarmos quais são os seus muitos e importantes defeitos, vejamos as causas da sua utilização.

Porque são usados os vídeos em fundo?

Vejamos…

  • Porque muitas empresas que criam sites consideram que são ‘bonitos’ (como se essa fosse a principal função de um site). Porque acham que transmitem uma imagem agradável de modernidade (deve ser por isso que as pessoas fogem deles como de alguns quadros de arte contemporânea).
  • Porque consideram que transmite uma mensagem usando uma das formas mais poderosas para o fazer, o vídeo. Esta pode ser uma boa razão e a única aceitável para justificar um vídeo em fundo na página inicial do teu site. Mas muito raramente é isso que acontece.

O benefício que esse vídeo pode representar é totalmente desvalorizado pelo visitante do site, que cria uma espécie de ‘capa protectora’ e segue em frente.

Olha, publicidade manhosa…

Na verdade, como o visitante não pediu para ver o vídeo, que lhe é apresentado de forma automática mal aterra na página, encara-o como sendo intrusivo e um obstáculo naquilo que pretende.

Se quisesse ver vídeos ia ao YouTube…

Além disso, o vídeo em causa pode e deve ser apresentado noutra área do site, com o devido destaque, sem precisar de ocupar a área nobre de um site.

Não tenhas dúvidas: uma pessoa confusa não age.

Em mobile os vídeos em fundo, por norma, não são activados.

Em mobile os vídeos em fundo, por norma, não são activados.

Porque é que os vídeos em fundo devem ser eliminados

A principal razão parece demasiado simples para ser a causa número 1 mas é tão importante que não deve ser deixada para segundo plano. Os vídeos em fundo, tal como os sliders, representam uma distração da principal mensagem e da chamada para acção que tem de existir no topo superior da página inicial.

Mesmo que o vídeo tenha um conteúdo de excelente qualidade, contando em história em relação aos produtos e serviços que a empresa oferece, acaba sempre por ser um motivo de distração, levando a uma ausência de foco em relação ao seu objectivo.

O que é que vim aqui fazer?

Tal como nos acontece na nossa vida do dia a dia.

Pensamos que temos de ir buscar algo a outra divisão da casa, caminhamos para lá mas, quando lá chegamos, já não sabemos exactamente aquilo de que precisamos.

A juntar a este, há outros motivos:

  • Os vídeos em fundo aumentam o tempo de carregamento de um site;
  • Consomem mais recursos que uma imagem ou uma cor;
  • Funcionam em modo automático, logo que um utilizador chega ao site, e isso já é suficientemente terrível. É querer forçar o utilizador a ver algo que ele não pediu;
  • Os vídeos, por norma, não estão alojados no site mas num local externo (YouTube, Vimeo, Wistia ou outro) e se houver algum problema e o vídeo não carregar, é o teu site que sofre a má reputação;
  • Em mobile os vídeos em fundo, por norma, não são activados. Mas mesmo que sejam, e até em ecrãs grandes, de 6 polegadas, representam ainda uma pior experiência para o utilizador. Convém ter em conta que, actualmente, quase 50% do tráfego dos sites em Portugal é feito via mobile.
Acesso online mobile em Portugal

Gráfico Marktest com o aumento de consumo mobile de internet

Feitas as contas entre vantagens e desvantagens, não creio que haja razões para continuares a ter um vídeo em background na página principal do teu site.

É possível, no entanto, que este tipo de vídeos seja aceitável numa landing page específica, em nichos de mercado específicos.

Sem esquecer que os vídeos informativos de produtos e serviços devem aparecer na página inicial sempre que se justificar mas não como fundo.

Mas e se quiser mesmo ter um vídeo em fundo?

Se tudo o que ficou atrás não serviu para te convencer que deves evitar ou eliminar o vídeo em background no teu site ou se queres fazer uma experiência, ao estilo teste A/B, então segue algumas regras básicas:

  • Remove o áudio automático, seja no vídeo em background ou qualquer outro vídeo automático; Melhor ainda: remove a música automática no teu site;
  • Mostra um vídeo curto, com um limite máximo de 30 segundos;
  • Reduz o peso do ficheiro;
  • Exporta em múltiplos formatos (e um deles deve ser MP4), para corresponder à variedade de navegadores;
  • Insere uma imagem como plano B, se o vídeo não carregar (de resto precisas dessa imagem para o mobile);
  • Evita imagens demasiado movimentadas;
  • Garante contraste entre o vídeo e o texto.

Conclusão

O vídeo é uma poderosa forma de comunicação e deves aproveitar os seus méritos mas no local e momento certos. Deve ser usado com objectivos definidos e não apenas por razões estéticas.

 

Um vídeo em fundo na página inicial do site pode ser uma forma de captar a atenção mas é uma óbvia fonte de distração e elimina o foco do utilizador, confundido-o.

Não tenhas dúvidas: uma pessoa confusa não age.