Como investir os primeiros 100 euros em publicidade no Facebook se fores uma pequena empresa local

José FreitasFacebook

Como investir os primeiros 100 euros em publicidade no Facebook se fores uma pequena empresa local

Se tivesses uma pequena e média empresa local, como investirias os teus primeiros 100 euros em publicidade no Facebook?

Foi esta a pergunta que nos fizeram recentemente. O alvo era um estabelecimento local, de porta aberta, numa cidade portuguesa de média dimensão. Nunca tinham feito publicidade no Facebook. Nem em qualquer outro meio.

A questão surgiu após o falarmos sobre como fazer publicidade no Facebook para pequenas empresas locais. No artigo abordamos algumas formas de começar e as melhores técnicas para dar os primeiros passos. Mas o nosso interlocutor queria um pouco mais de contexto. Estava quase convencido a experimentar mas precisava de alguns esclarecimentos.

O dia estava quente mas não tão quente que fosse impeditivo de uma conversa animada de alguns minutos e corria uma brisa que ajudava ao fluir das ideias.

Partimos em busca das melhores formas de aplicar os primeiros 100 euros em publicidade no Facebook para uma pequena e média empresa local.

(em rigor ocupamos mais uns quantos minutos em efabulações sobre isto e aquilo, o que ‘seria melhor’ ou talvez não; foi só após uma primeira ronda de ideias para aquecimento que as coisas começaram a ficar interessantes)

Convenhamos que 100 euros de investimento em publicidade no Facebook é pouco. Muito pouco. Serve para aquecer, ganhar inspiração e estudar o nosso público. Por isso, uma das melhores formas de começar é testar anúncios junto daquele que consideramos ser o público-alvo.

Estamos a falar dos teus ‘vizinhos’, das pessoas que vivem a 2 quilómetros, de quem passa pela tua porta com frequência mas não entra.

Estamos a falar de um público-alvo bem definido: os teus ‘vizinhos’, as pessoas que vivem alguns quilómetros em redor da tua empresa.

Dividir o valor e testar dois tipos de anúncios

Uma excelente forma de dar o pontapé de saída e usar os 100 euros disponíveis de uma forma útil e sensata passa por criar dois tipos de anúncios numa mesma campanha.

Divide o orçamento em duas partes iguais e aplica 50 euros em cada um deles, que devem rolar em simultâneo, para o mesmo público e área geográfica.

Um anúncio promocional

Um dos anúncios será de carácter promocional. O conteúdo dependerá do tipo de negócio, mas pode envolver uma oferta, que deve ser apelativa, apresentação de um novo produto ou algo que esteja em promoção.

O ideal é que seja algo perene ou que, pelo menos, esteja em vigor durante alguns dias, para que o anúncio possa rolar um mínimo de 5 dias.

Por exemplo, se tiveres um restaurante podes fazer a oferta de uma sobremesa ou um aperitivo. Uma loja de roupa pode oferecer algo na compra de produtos de valor superior a 30€, por exemplo.

O objetivo é fazer com que as pessoas fiquem interessadas e apareçam à porta do teu estabelecimento. Dá às pessoas uma razão para te visitarem.

O investimento de 50 euros neste anúncio será feito ao longo de 5 dias, de preferência de segunda a sexta ou domingo a quinta.

O anúncio pode começar por ser uma publicação regular na cronologia do Facebook, se assim o entenderes.

No texto, procura captar a atenção das pessoas da tua área de influência, usando referências locais que chamem a atenção. Faz com que tenham a certeza de que estás a falar para essas pessoas, aquelas que residem nas tuas imediações.

Com alguma arte e sorte, pode ser que obtenhas algumas partilhas de quem viu o anúncio e aumentes o alcance.

Faz um anúncio de carácter promocional. Pode envolver uma oferta, que deve ser apelativa.

Faz um anúncio de carácter promocional. Pode envolver uma oferta, que deve ser apelativa.

Um anúncio de vídeo

Os outros 50 euros serão aplicados num anúncio de vídeo.

À partida terás algo para mostrar. Afinal, sendo uma pequena e média empresa local terás um estabelecimento de porta aberta aos clientes, um espaço que pretendes que estes visitem e se tornem clientes regulares.

Faz um vídeo simples, de características amadoras mas com uma boa imagem, apresentando o teu estabelecimento e um pouco dos bastidores (as pessoas adoram coisas de bastidores).

Fala dos benefícios que as pessoas podem ter ao serem tuas clientes. Se puderes ter um testemunho ou dois de clientes regulares, melhor ainda.

Este vídeo e o respetivo anúncio vão apelar ao interesse das pessoas que não dão muita importância a ofertas e descontos mas gostam de descobrir experiências.

No texto deste anúncio podes, no entanto, usar o mesmo conteúdo do promocional, fazendo referência à oferta, se assim o entenderes. Em alternativa cria um texto diferente mas não esqueças o apelo local.

Também podes começar por fazer uma publicação regular no Facebook e depois criar o anúncio.

Os anúncios de vídeo são actualmente uma excelente forma de captar a atenção das pessoas. Os primeiros segundos são absolutamente determinantes e deves pensar numa forma de ‘prender’ os utilizadores do Facebook ao teu vídeo.

Faz um anúncio de vídeo e fala dos benefícios que as pessoas podem ter ao serem tuas clientes

O que deve ter o vídeo?

Lembra-te que o Facebook é uma festa social com as suas particularidades e quem está nessa festa, os utilizadores, querem ser esclarecidos, entretidos e inspirados.

Portanto, a tua primeiro preocupação é fazer com que as pessoas parem e vejam o que tens para elas.

Se possível, legenda o vídeo. Na maior parte das vezes as pessoas vão começar a ver sem terem o som ligado (por vezes nem sequer o irão ativar mesmo que esteja interessadas). Por isso, é uma boa ideia apresentar texto.

Podes fazer um vídeo com três partes.

  • Na primeira procuras prender a pessoa ao vídeo, chamando a atenção para algo importante;
  • Na segunda deves apresentar o objetivo, sem esquecer a fórmula ‘esclarecer + entreter + inspirar’ (todos juntos ou apenas 1 deles);
  • Na terceira é a chamada para a ação, quando convidas as pessoas a visitarem o estabelecimento (integrando a eventual oferta).

Este último passo é fundamental para o sucesso da campanha. Quem chegar ao fim do teu vídeo vai gostar de ser recompensado por isso. Faz um convite irresistível (mas não à maneira de D. Vito Corleone).

Quem chegar ao fim do teu vídeo vai gostar de ser recompensado. Faz um convite irresistível.

Quanto tempo deve durar?

A duração dos vídeos no Facebook não é uma ciência exata. Há vídeos de sucesso e fracasso com poucos segundos e vídeos de sucesso e fracasso com muitos minutos.

Depende do tema, do público-alvo, de quem o fez e apresenta. Esta é, no entanto, conversa para outro momento.

No caso contrato de uma pequena e média empresa local que está a explorar os primeiros passos na publicidade no Facebook, sugerimos que os primeiros vídeos sejam relativamente curtos, entre os 30 e os 90 segundos.

Depois é aprender com os resultados, a reação das pessoas e experimentar diversas opções.

Próximos passos

Investir 100 euros de publicidade no Facebook numa semana pode ser um esforço importante para uma pequena e média empresa local. Mas deve ser encarado como isso mesmo: um investimento.

Deve ser, de resto, o primeiro passo numa estratégia de publicidade permanente no Facebook.

Esta é atualmente a plataforma mais rentável de promoção, desde que seja bem utilizada e desde que percebas o essencial dos seus fundamentos e do papel que desempenha na sociedade.

O que fazer a seguir

  • Instala o Facebook Pixel no teu site (tens um site, certo?);
  • Cria públicos personalizados no Facebook;
  • Faz remarketing, dirigindo anúncios específicos apenas a esses públicos;
  • De vez em quando faz campanhas de divulgação da marca;
  • Mas, por norma, escolhe campanhas de conversão;
  • Usa outros meios de comunicação, como o email marketing, para manter viva a relação com os clientes;
  • Testa e otimiza as campanhas (nem todas serão um sucesso);

Porque vale a pena fazer

Tenho a certeza que não reclamas ou olhas de lado um investimento (por vezes de milhares de euros) em algo que acreditas que te vai trazer mais e melhores clientes ao teu estabelecimento. Pode até acontecer que o retorno do investimento só aconteça largos meses depois da compra.

Estou a pensar naquele balcão espetacular que colocaste no teu salão de beleza. Ou na máquina especial de sumos naturais que compraste para o restaurante. Ainda aquela estante com capa falsas de livros mas que dá um ar de classe ao teu café. Ou os acessórios (alguns bem caros) que compras com regularidade para fazer uma bela montra na tua loja de vestuário.

Estes investimentos fizeram-te pensar mas optaste por dar o passo em frente, pensando nos benefícios que daí irias retirar.

Tens agora o mesmo cenário em perspectiva.

A publicidade no Facebook é uma extraordinária forma de levares os teus vizinhos num raio de alguns quilómetros ao teu estabelecimento.

Se fizeres anúncios de qualidade, pensados para corresponder ao teu público-alvo tens muitas possibilidades de alcançares grande sucesso.

O resto, tornar essas pessoas clientes regulares, depende de ti, da qualidade do teu serviço e atendimento.

Está na hora de aproveitares o Facebook para fazeres mais vendas.

Se precisares de ajuda, bate-nos à porta.