Coloca produtos relacionados na tua loja online

produtos relacionados

Por certo já reparaste que as prateleiras dos super e hipermercados não foram organizadas daquela forma por um qualquer acaso ou capricho dos seus responsáveis. Na verdade há toda uma ciência na forma como os produtos estão distribuídos e apresentados. Sempre com o objectivo de captar a atenção dos consumidores e levar aquisição.

Os produtos mais procurados ficam em pontos estratégicos para que os clientes tenham de passar por áreas em que não precisariam de comprar nada, procurando impulsionar o consumo por impulso.

Muitas vezes produtos relacionados uns com os outros estão colocados próximos, como o queijo perto do fiambre, por exemplo. Ou a massa perto dos molhos. Isto faz com que seja mais natural a compra de produtos que, à partida, não tinhas pensado adquirir. Seja por uma questão de ‘simpatia’ ou porque não tinha inserido este item na lista de compras e, na loja, acabaste por te ‘lembrar’ que, afinal, também precisas.

Nas compras online acaba por acontecer quase o mesmo. Daí que a página de apresentação de cada produto, além de o descrever na perfeição, deve ter sempre artigos relacionados. O objectivo é o mesmo dos hipermercados.

Há estudos oficiais que indicam que dadas as diferenças de ambiente entre as lojas físicas e as online, a área dos produtos relacionados tem ainda maior importância nestas últimas. Em grande parte devido à forma como as pessoas navegam nos websites e ao movimento dos olhos, que procura analisar tudo o que está na página.

As investigações revelam que assim que fixam a sua atenção num determinado produto da página, os visitantes acabam por focar também os restantes itens apresentados. Um comportamento que deriva do desejo de simplificar os processos de escolha, bem como da percepção de que a proximidade entre produtos indica a existência de uma relação entre eles.

Facilita a navegação

Não há nada mais frustrante num website do que andar à procura daquilo que queremos e não encontrar de forma rápida e fácil. Se é verdade que algumas pessoas até investem o seu precioso tempo nesse ‘passeio’, não é menos verdade que a maior parte acaba por desistir. E isto é mau para qualquer negócio.

Não queres ver os potenciais clientes frustrados por causa de uma péssima experiência enquanto utilizadores do teu website, pois não?

Evita uma navegação confusa, sem categorias ou com produtos trocados. Esconde categorias sem produtos e não coloque mais que dois menus no website. Por fim, não queiras enfiar tudo nos olhos dos visitantes e resiste à tentação de inserir 100 produtos numa só página. Não vai resultar.

José Freitas

José Freitas

Jornalista de profissão, aficionado do WordPress em projectos pessoais e colaborativos. Cinema, música, tecnologia, fotografia e mais umas coisas. De vez em quando assobia e alguma coisa acontece.

Queres receber as nossas mensagens semanais o teu email?

As nossas mensagens são compostas por pequenos textos escritos a pensar em ti (sim a sério, a pensar em ti).

Não enviamos SPAM porque também não gostamos de o receber.