Kaksi Media

8 erros a evitar em vídeos Facebook Live (ao estilo Jerry Seinfeld)

erros a evitar em vídeos Facebook Live (ao estilo Jerry Seinfeld)

O Facebook Live veio tornar possível, quase de um momento para o outro, aquilo que há poucos anos era impossível: fazer vídeos em direto, de forma simples, prática, apenas equipado com uma banal câmara de smartphone, para todo o mundo.

Como se isto já não fosse suficiente, o Facebook Em direto permite obter dados relevantes sobre a audiência dos nossos vídeos e facilita o contacto entre quem faz o vídeo e o vê, através de comentários em direto.

Tudo junto e misturado faz uma estupenda ferramenta de comunicação ao alcance de todas as empresas, seja qual for a sua dimensão e orçamento.

Aliás, é algo que está ao dispor de todas as pessoas.

Números que impressionam

De um lado e do outro, dos criadores de vídeos e daqueles que os vêem, os utilizadores do Facebook não se fizeram rogados.

  • O Facebook é o mais importante ‘canal’ de vídeo em redes sociais;
  • Mais de 100 milhões de horas de vídeos são vistos todos os dias no Facebook;
  • Um vídeo no Facebook recebe, em média, 135% mais de tráfego orgânico que publicações com fotos;
  • Os vídeos nativos do Facebook (Live ou carregados de forma direta) têm, em média, mais 135% de alcance orgânico que links de vídeos do YouTube; (números em meados de 2017)

Por tudo isto, se a tua empresa não está a aproveitar as vantagens do Facebook Live estás a perder uma grande oportunidade. Talvez mesmo a perder clientes para a concorrência.

No entanto, nem tudo são facilidades e há uns quantos obstáculos a superar no caminho. Sendo que há um deles que é determinante.

Os calcanhares de Aquiles

Sim, começar a emitir em direto é fácil. Envolve apenas um smartphone ou um computador com câmara, uma conta no Facebook e um clique. Já está.

Mas, em rigor, é o conteúdo do vídeo que interessa. O conteúdo continua a ser rei.

Com tanta simplicidade é provável que cometas alguns erros. Nós sabemos porque também os fizemos. Foram descuidos que precisas conhecer para evitar.

Live é natural e espontâneo mas não te esqueças de o preparar previamente

O improviso é para os génios da música, sobretudo do jazz, e para alguns dos melhores atores e comediantes. Mesmo um destes últimos optava por não deixar nada entregue ao acaso e preparava tudo com um rigor quase científico.

Apenas raramente Jerry Seinfeld se deixava levar pelo momento e permitia que o improviso tomasse conta da cena. Na maior parte das vezes ensaiava, experimentava e testava tudo até já não haver possibilidade de surpresas.

Por isso, a não ser que estejas no mesmo plano dos melhores músicos e atores, não deixes nada ao acaso.

Aqui é importante fazer um parênteses, para dizer que uma das melhores coisas que o Facebook Live tem é a naturalidade. Quanto mais natural, descontraído e espontâneo melhor. Mas não confundir com descuido. Fechemos o parênteses.

Faz um planeamento cuidadoso, embora descomplicado, do teu Facebook Em direto.

Live é natural e espontâneo mas não te esqueças de o preparar previamente
Live é natural e espontâneo mas não te esqueças de o preparar previamente

 

Seleciona o tema, aposta num só assunto para cada Live, e apresenta-o na descrição. Aponta algumas notas numa folha que vais ter junto a ti, com alguns pontos a abordar. De preferência na respetiva ordem.

Se começares a falar de forma desorganizada e sem uma linha de pensamento coerente, não vais conseguir captar a atenção das pessoas.

Dependendo do tópico do teu Live, pode ser importante desenhar um pequeno script. É valioso em vídeos explicativos, como tutoriais, apresentações de produtos e discursos.

Há um momento em particular que exige mais rigor que os outros.

Começa bem e continua melhor, prende a atenção de quem vê

Voltemos a Jerry Seinfeld. O comediante trabalha ao detalhe os primeiros 20 a 30 segundos de cada espetáculo de ‘stand up’ que faz. A primeira piada tem de ser forte e apelativa para o público.

É preciso ‘prender e manter’ a atenção da pessoa que está a ver.

O problema é que num Facebook Live não há, propriamente, um início. Quer dizer, há um início para quem faz. Mas não há um verdadeiro início para quem vê. Como o Facebook vai começar a dizer ao mundo que estás em direto há sempre a possibilidade de novas pessoas chegarem à tua transmissão.

Apesar disto, prepara bem os teus primeiros 30 segundos. Faz com que tenham a capacidade de prender o teu público-alvo.

Não apenas para quem chegou nos primeiros instantes da tua transmissão mas, sobretudo, para quem a vai ver mais tarde, quando publicares o teu Live, agora em repetição.

Lembra-te que o que chegou à Internet, fica na Internet, por isso, o melhor é ter a melhor imagem possível.

prepara bem os teus primeiros 30 segundos
prepara bem os teus primeiros 30 segundos

Garante uma boa ligação de internet

Os utilizadores do Facebook estão habituados a uma elevada qualidade de vídeo. Algo que nem sempre é possível de assegurar num Live. A transmissão está dependente da qualidade da ligação à Internet e, por vezes, as coisas podem falhar.

Acontece em particular quando o direto é feito via smartphone em zonas com fraca qualidade de sinal ou quando o wifi naquela zona da casa é próximo do inútil.

Quando as coisas correm mal há uma degradação da qualidade da imagem, primeiro, e um corte da transmissão, depois. Essa é uma situação que não agrada a quem vê.

Imagina o que seria perder partes da final do Campeonato da Europa de Futebol em 2016 por causa de uma fraca qualidade de sinal.

A qualidade do vídeo e do som é fundamental para um Facebook Em direto de qualidade.

Procura usar uma ligação segura e forte. Escolhe um local com uma boa rede wifi ou 4G (ou superior). Se usares um computador, prefere uma ligação por cabo em alternativa ao wifi.

Pensa em quem está do outro lado a ver.

A qualidade do vídeo e do som é fundamental para um Facebook Em direto de qualidade.
A qualidade do vídeo e do som é fundamental para um Facebook Em direto de qualidade.

Interage com as pessoas que vêm o Live

Seinfeld, de novo:

“Relaciona-te com as pessoas, liga-te às pessoas”.

Um conselho sábio do comediante, que é válido para todos os géneros de intervenções, sejam elas em direto ou pré-gravadas.

É assim (ou deve ser) em programas de televisão ou espectáculo de stand up e também tem de ser em Facebook Live.

Lembra-te sempre que o Facebook é uma festa social, onde estão os teus amigos, familiares, amigos de amigos, familiares de familiares, uns quantos conhecidos e alguns desconhecidos.

As pessoas estão habituadas a relacionarem-se através de publicações, reações e comentários.

É assim que deves fazer, sempre que possível, num vídeo em direto. Faz com que seja uma comunicação em duas vias:

  • Dá ‘sinal’ de que ‘vês’ quem está a chegar;
  • Responde a eventuais questões;
  • Comenta um ou outro comentário, se for pertinente;

A interatividade faz com que as pessoas que vêem tenham um sentimento de partilha e comunidade. Acabam, assim, por ficar mais envolvidas com a tua marca ou empresa.

Interage com as pessoas que vêm o Live
Interage com as pessoas que vêm o Live

Faz o que tens a fazer

“Do your own thing”

(faz a tua cena), já dizia Seinfeld.

Aproveita as virtudes do Facebook Live para mostrar quem és e o que faz a tua marca e empresa. Como podes ajudar as pessoas que te procuram.

Sê real e mostra um pouco dos bastidores. Toda a gente adora saber o que está ‘do outro lado’. É a nossa curiosidade a funcionar.

Por um lado, é uma forma de reforçar a confiança numa marca. Por outro, trata-se de mostrar que estás atento aquilo que as pessoas querem saber.

Aprende com a tua audiência, já dizia Seinfeld

Como saber o que fazer a seguir? Aprende com a tua audiência, o público vai dizer o que quer. Foi o que respondeu Seinfeld, ainda em início de carreira, a um jornalista admirado pela importância que o comediante atribuía ao público.

Vê as estatísticas dos teus Facebook Em direto, das visualizações das repetições, analisa os comentários e reações.

Aprende com tudo isto e ajusta os teus vídeos no Facebook às preferências das pessoas. Mas sem esquecer a tua própria individualidade e interesses.

Vê as estatísticas dos teus Facebook Em direto, das visualizações das repetições, analisa os comentários e reações.
Vê as estatísticas dos teus Facebook Em direto, das visualizações das repetições, analisa os comentários e reações.

Não te esqueças de promover os teus Facebook Em direto

Como dizemos noutro local, podes ter o último café antes do deserto mas se ninguém souber isso, não vais ter grande sucesso.

Não chegar ‘estar’, é preciso dizer, anunciar, informar.

No fundo, não é mais que comunicar. É aquilo que fazes todos os dias, quando conversas com clientes, familiares e amigos.

Faz o mesmo no Facebook com os teus vídeos em direto.

Antes do direto

Se o direto for espontâneo, fruto da inspiração do momento, não há como fazer uma promoção prévia. Se não for, podes usar os diversos meios de comunicação ao teu dispor, em particular as redes sociais, incluindo o próprio Facebook, para anunciar o Live.

Envia um email para a tua lista de subscritores se estás a preparar um direto de qualidade, com conteúdo de grande valor.

Há sempre a possibilidade de fazer um Facebook Live para anunciar e promover um Facebook Live. Entra em direto de forma breve indicando que irás fazer um outro direto para falar sobre um determinado tema.

Em qualquer dos caso, usa sempre um link para a tua página no Facebook e não esqueças o dia e hora.

Diz às pessoas com o que podem contar, mas sem desvendar tudo. Cria algum mistério.

Durante o direto

Os seguidores da tua Página ou os teus amigos, no caso de um Perfil, vão receber uma notificação revelando que estás em direto. O Facebook encarrega-se disso.

Podem ainda subscrever uma notificação para futuros eventos em direto.
Melhor ainda: os amigos dos teus seguidores vão ver também aquilo que eles estão a assistir, dependendo das respetivas definições de notificações, e podem aderir à tua transmissão.

Podes ainda pedir às pessoas para reagirem, comentarem e partilharem. Não fiques desapontado se não o fizerem. Faz parte do processo.

Se já tiveres definido o dia e hora do Live seguinte, anuncia no direto.

Depois do direto

Se decidiste publicar o vídeo, depois do direito, abre-se um novo mundo de oportunidades.

Além de ficar na cronologia, o vídeo fica disponível na tua página, na secção dos vídeos. Pode ser até utilizado para ações de publicidade no Facebook.

Podes voltar a publicar e partilhar mas também mudar o título e descrição, acrescentar legendas, carregar uma miniatura e fazer uma chamada para ação.

Podes ainda partilhar o link do URL desse Facebook Live através de outras redes sociais e enviar por email ou newsletter.

Não te esqueças de promover os teus Facebook Em direto

Aprimora a retenção da atenção do teu público

“Torna-te um mestre na retenção da atenção”

Jerry Seinfeld.

Concretizando:

“Como um comediante, tens de dominar a dinâmica de atenção de uma audiência. Deve chamar a sua atenção e segurá-la. É o que tens de fazer na Internet para sobreviver”.

Este é o obstáculo determinante a superar.

Todos sabemos, e somos culpados disso, que o Facebook é um oceano de distrações e que o rol de solicitações não acaba.

Há fotos das crianças dos familiares e amigos, dos animais de estimação, das férias deste ou daquele, da indignação do dia e muito, muito mais. Há sempre algo novo e a tentação dos utilizadores é saltar de um para outro num pequeno instante.

Tudo isto resulta no ‘problema do peixe dourado’.

Convenhamos que a tua tarefa é difícil. Mas também é difícil para todos os outros que estão a publicar conteúdos no Facebook e a fazer vídeos em direto.

Estão todos no mesmo barco, em busca de audiência. A tua tarefa é dominar a atenção da audiência

Há muitas distrações mesmo ali ao lado, criando o 'problema do peixe dourado'
Há muitas distrações mesmo ali ao lado, criando o ‘problema do peixe dourado’

Conclusão

O Facebook Live está a crescer. Tem a vantagem de não ser (ainda) uma plataforma de comunicação saturada. Este é o momento de dar o passo em frente e aproveitar as suas vantagens.

Faz Facebook em direto de forma natural mas também pensada e planeada, garante uma internet forte e estabelece uma ligação com as pessoas que vêem.

Tenta criar conteúdo que seja útil e ajuda as pessoas a resolver os seus problemas relacionados com a tua área de trabalho e conhecimento.

Desta forma estarás a criar confiança para a tua empresa ou marca.

Vai em frente e faz (mais) um Facebook Em direto. Não te esqueças de nos avisar.

José Freitas

José Freitas

Ajudo pequenas e médias empresas e empreendedores a criar estratégias online para conseguirem melhores clientes, através da comunicação relacional. Na minha vida passada fui jornalista durante 25 anos. A comunicação é a minha praia. Viciado em café intenso e aromático.

Queres receber as nossas mensagens semanais o teu email?

As nossas mensagens são compostas por pequenos textos escritos a pensar em ti (sim a sério, a pensar em ti).

Não enviamos SPAM porque também não gostamos de o receber.